Universidade da Madeira: reitor esclarece reacção a relato de assédio sexual

Um relato de um alegado caso de assédio sexual está a provocar mal-estar nos corredores e gabinetes da Universidade da Madeira. A resposta da reitoria não ajudou.

Foto
Paulo Pimenta

É um caso é antigo, mas só agora foi conhecido. Envolve dois docentes da Universidade da Madeira (UMa), uma denúncia de assédio sexual, e um enorme mal-estar nos corredores da Faculdade de Ciências Sociais daquela instituição. Em causa, está o relato de uma antiga professora da UMa, a economista Vera Gouveia Barros, que num artigo publicado no final de Abril na revista Sábado, fala de um alegado caso de assédio sexual de que foi vítima, protagonizado pelo responsável por uma das comissões científicas da universidade.