Com o fim do estado de emergência, profissionais de saúde já podem deixar o SNS

Limitação criada durante a pandemia às transferências entre unidades e saídas para o privado acabou. Sindicatos de enfermeiros e de médicos lamentam que nada tenha sido feito para dar condições de trabalho aos profissionais de saúde e fixá-los no SNS e admitem que, à semelhança do que já acontecia antes da pandemia, haja mais saídas.

Foto
Manuel Roberto

Com o fim do estado de emergência deixou de estar em vigor a limitação imposta aos profissionais de saúde de não poderem deixar o SNS ou serem transferidos para outras unidades do SNS? Foi esta a pergunta colocada ao Ministério da Saúde pelo PÚBLICO. “Confirma-se que, com o fim do estado de emergência, a exigência referida na questão deixa de se verificar”, respondeu o ministério. Sindicatos de enfermeiros e de médicos lamentam que nada tenha sido feito para dar condições de trabalho aos profissionais de saúde e fixá-los no SNS e admitem que, à semelhança do que já acontecia antes da pandemia, mais saídas ocorram.