Costa e Cabrita: anatomia de uma relação

São correligionários políticos há quatro décadas, têm uma relação de confiança e proximidade com mais de 30 anos. Eduardo Cabrita é um dos principais pilares da governação de António Costa, que lhe entrega tarefas políticas delicadas.

Foto
A relação de confiança pessoal e política entre António Costa e Eduardo Cabrita tem décadas e tem sido inabalável Nuno Ferreira Santos

No debate parlamentar de quarta-feira, o primeiro-ministro, António Costa, fez uma veemente e até inédita defesa do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Perante uma pergunta do líder do Chega, André Ventura, sobre quando o ministro seria demitido, classificando-o como o maior problema no Governo, António Costa respondeu: “Quem me dera que o meu problema fosse o senhor ministro da Administração Interna, o que significa que eu não tinha um problema, porque tenho um excelente ministro da Administração Interna e vivo muito bem com o senhor ministro da Administração Interna.”