Chile escolhe os autores da Constituição da “dignidade”

As eleições para a Assembleia Constituinte chilena estão rodeadas de uma enorme incerteza. Novo órgão tem de ser paritário entre sexos, garantir representação indígena e responder aos anseios de um povo.

Foto
Os chilenos escolhem a Assembleia Constituinte e vários outros cargos a nível local e regional Alberto Valdes / EPA

Os chilenos dão este fim-de-semana mais um passo no longo caminho rumo a uma nova Constituição com a eleição dos 155 deputados que vão formar a Assembleia Constituinte. Para além das eleições constitucionais, o Chile também vai escolher os presidentes dos municípios e os governadores regionais.