Detido homem que fingia ser polícia para passar à frente no supermercado

Polícia apreendeu um crachá falso, algemas e um bastão extensível na posse do jovem de 20 anos.

Foto
Arquivo PÚBLICO

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve um homem de 20 anos, suspeito de se ter feito passar por um agente da autoridade com o objectivo de passar à frente na fila de um supermercado. O homem, detido no domingo pela divisão policial de Sintra, é suspeito da prática do crime contra a autoridade pública.

“Momentos antes, o polícia que se encontrava no estabelecimento comercial observou o suspeito a passar à frente na fila de acesso ao referido estabelecimento, mostrando ao segurança uma suposta carteira profissional que o identificaria como polícia. Por achar suspeita a postura do cidadão, interpelou-o, solicitando-lhe que demonstrasse a sua condição de polícia, sendo que, após diversas insistências para o fazer, o suspeito acabou por mostrar a suposta carteira profissional, confirmando tratar-se de uma usurpação de funções”, explicou a PSP em comunicado.

Na posse do jovem, estava um crachá falso, algemas, uma carteira profissional e um bastão extensível, uma arma proibida. O homem de 20 anos terá de comparecer esta sexta-feira em tribunal para interrogatório.

“O detido, sem qualquer ligação à PSP e com a profissão de operador de máquinas, foi notificado para comparecer hoje [sexta-feira] no Tribunal de Instrução Criminal de Sintra para 1ª Interrogatório Judicial, tendo sido aplicada a medida de coacção de termo de identidade e residência”, adianta esta força policial.