Bombardeamentos de larga escala em Gaza não abrandam, rockets do Hamas também não

Hamas continua a disparar projectéis contra Israel e o Norte da Faixa de Gaza é alvo de ataques intensos de aviões e artilharia. Um libanês morreu ao tentar passar para Israel, levando o exército israelita a fortalecer a sua presença no Norte.

,Hamas
Fotogaleria
O sistema Cúpula de Ferro tem uma eficácia de 90% e tem interceptado a maioria dos rockets disparados de Gaza AMIR COHEN/REUTERS
israel,faixa-gaza,cisjordania,palestina,medio-oriente,nacoes-unidas,
Fotogaleria
Residentes na Faixa de Gaza dizem que estes bombardeamentos são mais intensos do que os das últimas três guerras MOHAMMED SALEM/Reuters
israel,faixa-gaza,cisjordania,palestina,medio-oriente,nacoes-unidas,
Fotogaleria
Reuters/IBRAHEEM ABU MUSTAFA

Entre bombardeamentos que trovejam e deixam um rasto de fumo e pó depois do clarão laranja, e a calma que leva à angústia de tentar perceber quando será o próximo ataque, em Gaza muitos habitantes do Norte optaram por sair das suas casas, por medo de uma ofensiva terrestre como houve na última guerra, em 2014. Morreram 122 pessoas desde segunda-feira na Faixa de Gaza, incluindo 27 crianças, dizem as autoridades de saúde no território.