Portugal não conseguiu comprar a tiara de D. Maria II, que atingiu mais de 1,3 milhões de euros em leilão

O Estado português tentou obter a peça para o futuro Museu do Tesouro Real, mas já não acompanhou as últimas licitações, que elevaram o preço da jóia a um valor quatro vezes superior ao da estimativa máxima da Christie’s.

Foto
A tiara que pertenceu a D. Maria II numa imagem da leiloeira Cortesia: CHRISTIE'S

A tiara de diamantes e safiras que pertenceu à rainha D. Maria II, leiloada esta quarta-feira à tarde em Genebra pela Christie’s, foi comprada por 1,45 milhões de francos suíços, correspondentes a quase 1,32 milhões de euros, um valor que o representante do Estado português, José Alberto Ribeirodirector do Palácio Nacional da Ajuda e do futuro Museu do Tesouro Real, já não pôde acompanhar.