Uma vaga olímpica no esqui aberta a partir do Alentejo

Com apenas um ano de treinos e com ajuda de alguns vídeos do YouTube, o eborense José Cabeça apurou-se para o Mundial e aponta agora aos Jogos Olímpicos de Inverno.

esqui,jogos-olimpicos-inverno,modalidades,desporto,
Fotogaleria
esqui,jogos-olimpicos-inverno,modalidades,desporto,
Fotogaleria
esqui,jogos-olimpicos-inverno,modalidades,desporto,
Fotogaleria

José Cabeça, de 25 anos, natural de Évora, esquiou pela primeira vez a 4 de Janeiro de 2020. Um ano depois, conseguiu o que ninguém pensou ser possível: abriu uma vaga olímpica para Portugal nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, em esqui de fundo. Ficou em 48.º lugar, com 250 pontos, abaixo dos 300 que permitem a entrada nos Jogos. Ainda tem de completar mais quatro provas para garantir a presença em Pequim, daqui a um ano, mas está seguro de que no final do próximo Inverno será “um atleta completo”.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários