Na morte adormeci e acordou-me Deus

A morte de um amigo é também a morte de algo em nós. No mais fundo do amor humano existe o desejo de eternidade.

1. As atitudes perante a morte foram e são muito diferentes de pessoa para pessoa, mesmo dentro da mesma época e da mesma cultura, religiosa ou não. No primeiro escrito cristão, é-nos dado a ler: “não queremos, irmãos, que fiqueis na ignorância a respeito dos que morreram, para não andardes tristes como os outros, que não têm esperança.” [1]