Tribunal manda repetir eleição de director escolar que ministério tinha homologado

Regulamento do concurso foi tornado público depois de concluído o prazo de apresentação das candidaturas.

Foto
Rui Gaudencio

O Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) de Leiria mandou repetir a eleição do director do agrupamento de escolas de S. Martinho do Porto, no concelho de Alcobaça, reconhecendo irregularidades que tinham sido denunciadas por um dos professores candidatos. Os problemas eram do conhecimento da Direcção-Geral da Administração Escolar (DGAE), mas não impediram o organismo tutelado pelo Ministério da Educação de homologar o processo dois meses antes.