Portugal desconfina a quatro velocidades. O que posso fazer no meu concelho?

Cabeceiras de Basto foi o único concelho a recuar no desconfinamento esta quinta-feira, mas outros quatro mantêm restrições. Saiba o que é permitido no seu concelho.

Foto
Cafés e restaurantes reabriram na terceira fase de desconfinamento Nuno Ferreira Santos/Arquivo

Enquanto a generalidade dos concelhos conseguiu avançar sucessivamente no plano apresentado pelo Governo em Março, a verdade é que o desconfinamento no país avança a quatro velocidades distintas. Cabeceiras de Basto foi, esta quinta-feira, o único concelho a recuar no desconfinamento, regressando às restrições da terceira fase, mas há outros três concelhos com mais limitações. Para o ajudar a perceber o que pode fazer nestes concelhos, o PÚBLICO elaborou uma lista com as limitações em vigor.

PÚBLICO -
Aumentar

Primeira fase de desconfinamento

Apenas duas freguesias em Odemira recuaram por duas vezes consecutivas no desconfinamento, mantendo as restrições da etapa inicial. Em São Teotónio e Longueira-Almograve foi instaurada uma cerca sanitária para conter a disseminação da pandemia. Neste concelho, a incidência chegou a ser 14 vezes superior à média do continente.

Segunda fase de desconfinamento

Carregal do Sal e Resende, ambos no distrito de Viseu, são os dois concelhos que ainda estão na segunda etapa de desconfinamento, iniciada na generalidade do país a 5 de Abril. Esta quinta-feira, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, anunciou que estes dois concelhos ficam na mesma devido aos níveis de incidência registados na última semana. Permanecem com as mesmas restrições e limitações em vigor.

Terceira fase de desconfinamento

Na terceira etapa de desconfinamento permanece Paredes, que não conseguiu reduzir suficientemente a incidência para avançar com a generalidade do país para a quarta e derradeira fase. A este concelho do distrito do Porto junta-se Cabeceiras de Basto, em Braga, o único concelho a ter de recuar esta semana no plano de desconfinamento. Esta fase foi adoptada pela maioria dos concelhos a 19 de Abril e significou o regresso dos espaços interiores de cafés e restaurantes.

Quarta fase de desconfinamento

A grande maioria dos concelhos encontra-se na quarta etapa de desconfinamento, adoptada no dia 1 de Maio. Se o seu concelho não recuou ou teve de travar o desconfinamento, estas são as medidas que se aplicam às actividades e negócios da sua zona de residência.