Odemira, #metoo, racismo: dinâmicas da desnormalização

O inaceitável moralmente é importante; mas o inaceitável na prática só começa quando finalmente há gente que começa a não aceitar.

A jornalista Conceição Queiroz estava em direto para a TVI24 quando uma mulher se aproximou dela aos insultos e a mandou ir “trabalhar para as obras”. Ao abuso a uma jornalista no exercício das suas funções é preciso acrescentar que Conceição Queiroz é negra e que o chorrilho de insultos parece ter tido motivação racial, o que ficaríamos a saber, se a TVI não tivesse interrompido a transmissão, justificando-se com “dificuldades no direto”.