Mulher do Mali dá à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as ecografias

Esperava-se que Halima Cisse desse à luz “apenas” sete bebés, mas, durante o parto, percebeu-se que as ecografias feitas em Marrocos e no Mali deixaram passar dois dos irmãos. As cinco meninas e os quatro meninos nasceram através de cesariana. “Estão bem” e a mãe também.

Foto
Os casos de gravidez com nove bebés são extremamente raros Igordoon Primus

Uma mulher de 25 anos do Mali deu à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as várias ecografias realizadas ao longo da gravidez. Este está a ser considerado um recorde mundial para o maior número de crianças que nasceram “de uma só vez” e que sobreviveram ao parto e às horas seguintes.

Esperava-se que Halima Cisse desse à luz “apenas” sete bebés, mas, durante o parto, percebeu-se que as ecografias realizadas em Marrocos e no Mali deixaram passar dois dos irmãos. Os bebés — cinco meninas e quatro meninos — nasceram através de uma cesariana.

Foto
Alguns dos bebés na incubadora Ministério da Saúde do Mali

A gravidez da jovem de 25 anos está a fascinar o Mali e já atraiu a atenção dos líderes políticos. Em Março, quando a equipa médica que acompanhou Cisse disse que a jovem precisava de cuidados especializados, Bah Ndaw, o actual Presidente do país, pediu que esta fosse levada para Marrocos, onde foi acompanhada até ao fim da gravidez.

“A mãe e os bebés estão bem”, disse a ministra da Saúde de Mali, Fanta Siby, à Agência France-Presse, acrescentando que a jovem continua a ser seguida pelo médico maliano que a acompanhou até Marrocos. A mãe e os bebés devem voltar a casa dentro de algumas semanas, acrescentou a ministra.

A grande preocupação dos médicos era a saúde de Cisse e as hipóteses de sobrevivência dos bebés. Os casos de gestação de nove bebés são extremamente raros e as complicações médicas em nascimentos múltiplos deste tipo geralmente significam que um (ou mais) poderá não sobreviver.

Em fotografias partilhadas nas redes sociais, é possível ver a jovem de 25 anos a sorrir e a comemorar o nascimento com os médicos e com os nove filhos sempre por perto, mantidos em fila numa das incubadoras do hospital.

Segundo o jornal britânico The Guardian, o marido de Cisse, que ficou no Mali com a filha mais velha do casal, disse que tem mantido contacto constante com a esposa e que não está preocupado com o futuro. “Deus deu-nos estas crianças. É ele quem decide o que vai acontecer com elas. Não estou preocupado”, afirmou.

O primeiro caso conhecido de uma gravidez com nove bebés aconteceu em 1971, em Sydney, na Austrália, mas nenhum sobreviveu ao parto. Outro grupo de bebés nasceu em 1999 na Malásia, mas nenhum viveu mais do que algumas horas.

Em 2009, Nadya Suleman, de 33 anos, atraiu as atenções do mundo ao dar à luz oito bebés na Califórnia, nos EUA. Suleman deu à luz o maior número de bebés de “uma só vez” no mundo. Todos sobreviveram ao parto.