Lisboa e Vale do Tejo com sistema de semáforo e bolsa de profissionais. “Aprendemos muito com o que passámos em Janeiro”

No início do ano, a região de Lisboa e Vale do Tejo chegou a registar 8 mil novos casos de covid por dia e teve 55 mil inquéritos epidemiológicos em atraso. Hoje, a situação é “estável”, diz o delegado regional de saúde pública. Entram de 100 a 200 novos casos por dia e não há inquéritos em atraso.

Foto

Deixou o lugar de coordenador da unidade de saúde pública da Amadora, para assumir a 1 de Setembro do ano passado, as funções de delegado regional de saúde pública da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT). Chegou na altura em que alguns concelhos da área metropolitana lutavam contra o aumento de casos diários, mas o pior chegou no início do ano, quando o país foi assolado pela terceira vaga da pandemia.