Reabertura da linha do Douro pedida na reabertura da Beira Baixa

Na cerimónia de inauguração da reabertura do troço Covilhã – Guarda, o presidente da CP, Nuno Freitas, lembrou a urgência de reabrir o troço Pocinho – Barca de Alva, na linha do Douro.

Foto
LUSA/MIGUEL PEREIRA DA SILVA

A reabertura dos 46 quilómetros de via férrea entre a Guarda e Covilhã teve esta terça-feira o seu acto inaugural com uma viagem num comboio regional entre as duas cidades, que levou a bordo o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, e a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, bem como uma extensa comitiva de convidados.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários