PCP em jornada nortenha pelo emprego como alternativa à “cimeira dita social”

Comunistas organizam roteiro com visitas a empresas e instituições sociais, reuniões com sindicatos e conferências, e terminam iniciativa na concentração da CGTP no Porto, no encerramento da Cimeira Social da União Europeia.

Foto
Daniel Rocha

É uma ronda pelos cinco distritos mais a Norte do país, aquela que o PCP vai fazer entre quarta-feira e sábado para “denunciar, alertar e fazer propostas” alternativas ao que se vai discutir na “cimeira dita social”, que decorre no Porto nos dias 7 e 8. O nome da iniciativa comunista, que inclui três dezenas de visitas, encontros e conferências nos distritos de Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Bragança e, sobretudo, Porto, diz quase tudo: “Em defesa do emprego e dos direitos dos trabalhadores, contra a exploração – Não às imposições da União Europeia”.