Braga vai acolher um criomicroscópio electrónico de última geração

Doze instituições distribuídas pelo país juntaram-se para criar um centro nacional de criomicroscopia electrónica. A máquina principal, única no país, ficará alojada no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, em Braga.

Foto
Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), em Braga Adriano Miranda

Está a nascer um centro nacional de criomicroscopia electrónica dedicado às ciências da vida e da saúde que terá como estrela principal uma máquina muito especial: um criomicroscópio de electrónico que permite obter imagens directamente do interior de células inteiras, bem como de moléculas e até átomos. A casa desta máquina – cujo processo de compra está a ser iniciado – é o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), em Braga.