John Cleese reagenda espectáculos em Portugal para Junho de 2022

Actor e humorista britânico volta a adiar a sua passagem pelo Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Os bilhetes comprados para Maio de 2020 e Junho de 2021 mantêm-se válidos para as novas datas.

Foto
John Cleese (segundo à esquerda) com outros membros dos Monty Python, em 2014 Reuters/PAUL HACKETT

E eis que é chegada a hora de voltar a alterar datas na agenda. O ‘Monty Python' John Cleese volta agora a adiar a apresentação do seu espectáculo de comédia stand up Last Time To See Me Before I Die em Portugal. 

Segundo o comunicado da produtora Everything is New, os cinco espectáculos do actor e escritor britânico, um dos rostos mais populares do humor contemporâneo, agendados para o período de 18 a 22 de Junho deste ano, foram empurrados para o calendário de 2022, de 5 a 9 de Junho.

Todos os que tinham já adquirido bilhetes para Maio de 2020 (primeiras datas) e Junho de 2021 não precisam de os trocar. Os bilhetes mantêm-se válidos para as novas datas, nos termos do decreto-lei n.º 10-I/2020, de 26 de Março, na redacção referente ao decreto-lei n.26-A/2021, de 5 de Abril

Os bilhetes comprados para a apresentação de 3 de Maio de 2020 ficam válidos para 5 de Junho de 2022; os adquiridos para 4 de Maio transitam para 6 de Junho, e assim sucessivamente. Se o desejar, o dono do bilhete pode pedir o reembolso no ponto de venda onde o comprou, no prazo de 14 dias úteis após a data do espectáculo de 2021.

Os que tinham adquirido bilhete para o espectáculo de 18 de Junho de 2021 também terão entrada directa no de 5 de Junho de 2022; os que o fizeram para 19 de Junho de 2021 poderão assistir ao de 6 de Junho de 2022, e assim por diante. A diferença face aos que tinham comprado os bilhetes para Maio de 2020 é que os de 2021 não terão possibilidade de ser reembolsados caso não possam comparecer na nova data, informa a Everything is New no mesmo comunicado. 

Tido como um dos mais brilhantes humoristas britânicos, John Cleese, membro dos famosos Monty Python, é o criador e protagonista da série Fawlty Towers

Last Time To See Me Before I Die, espectáculo que o humorista lançou há sete anos, começa com uma espécie de amostra da sua carreira nos Monty Python, cujo programa televisivo Flying Circus (1969-74) e filmes subsequentes Monty Python e o Cálice Sagrado (1975), A Vida de Brian (1979), O Sentido da Vida (1983), entre outros, se espalharam por Inglaterra e depois pelo mundo influenciando várias gerações de comediantes e de espectadores. 

O actor e autor explora, depois, o nascimento dos Python –​ Cleese com Graham Chapman, Michael Palin, Eric Idle, Terry Jones e Terry Gilliam – e fala da sua experiência com o humor ao longo da vida.