Mina de lítio em Montalegre deverá voltar à posse do Estado

A Agência Portuguesa do Ambiente encontrou “lacunas e incoerências” no Estudo de Impacte Ambiental da Lusorecursos. Ministro do Ambiente fala de incapacidade técnica. Concessão deve voltar ao Estado em Agosto, altura em que termina o prazo dado à empresa para cumprir o contrato.

Foto
Adriano Miranda

A empresa que tinha ganho o direito a explorar lítio em Montalegre sofreu um sério revés, com o próprio Governo a admitir que dificilmente conseguirá evitar perder a concessão do projecto. Em Agosto, o contrato deverá ser rescindido e, nesse caso, a concessão regressa ao Estado.