Ângelo Correia responde às críticas de Eanes à reforma militar: “Reagiu como antigo chefe do Exército”

Dirigente do PSD lamenta que ministro João Gomes Cravinho não tenha ainda força para colocar modernização das Forças Armadas no Orçamento.

Foto
Apoio à Lobofa não isenta Gomes Cravinho de críticas do PSD JOAO RELVAS

As críticas do antigo Presidente da República general Ramalho Eanes à oportunidade e ao método da reforma governamental da Lei Orgânica de Bases da Organização das Forças Armadas (Lobofa) não são consideradas procedentes por Ângelo Correia. Em declarações ao PÚBLICO, o coordenador da área de Defesa do conselho estratégico nacional (CEN) do PSD, que apoia a iniciativa do ministro João Gomes Cravinho, é peremptório. “Ramalho Eanes reagiu como antigo chefe do Estado-Maior do Exército”, afirma.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários