Benfica sem margem para falhar o objectivo possível

“Encarnados” recebem nesta segunda-feira o Santa Clara na Luz para manterem viva a luta pelo segundo lugar.

Foto
O Santa Clara-Benfica da primeira volta foi marcado por condições climatéricas adversas LUSA/EDUARDO COSTA

Jorge Jesus não o disse com todas as letras, mas tem dado a entender que a luta do Benfica já não é pelo título de campeão nacional e que os “encarnados” estão limitados nos seus objectivos. Já o tinha dito antes, confirmou-o na antecipação do confronto que os “encarnados” terão nesta segunda-feira, na Luz (19h, BTV), frente ao Santa Clara. “Sem a covid-19, tenho a certeza de que estávamos a discutir o título, mas isso é se não tivesse acontecido e no futebol não há muitos ‘ses’”, frisou o técnico.

Nesta altura do campeonato, sendo ainda o primeiro lugar matematicamente possível, o objectivo mais realista é o de segurar um lugar na Liga dos Campeões da próxima época, seja por via do terceiro lugar (que dá acesso ao play-off), ou pelo segundo (que dá qualificação directa). E estando a seis pontos do FC Porto à entrada para esta 29.ª jornada, os “encarnados” não dependem de si próprios para chegar ao segundo, mas podem levar a luta até à última jornada, até porque, daqui a semana e meia (na 31.ª ronda), terão um confronto com os portistas na Luz.

Para que isso aconteça, não podem deixar mais pontos em cima da mesa. O Santa Clara foi uma das equipas que travou o Benfica na primeira volta – empate em São Miguel (1-1), num jogo marcado pela intensa chuva que obrigou a que fosse disputado em dois dias diferentes – e Jesus considera que a tarefa dos “encarnados” será bem complicada.

Foto

“Vamos encontrar um dos melhores adversários deste campeonato. Está a fazer um campeonato excelente e ainda a disputar uma possibilidade de entrar nos primeiro cinco/seis lugares. É um adversário que já nos deu sinais de que não é fácil vencê-lo. E deu sinais nos jogos contra o FC Porto e contra o Sporting, em que perdeu nos últimos cinco segundos. É uma equipa que joga bem, que tem uma boa ideia de jogo e que é bem trabalhada.”

O Santa Clara vai à Luz ainda bem dentro da luta por um lugar europeu – o sexto posto dará acesso à segunda pré-eliminatória da Conference League, prova em estreia na próxima temporada. E Daniel Ramos quer repetir o feito da época passada, em que ganhou por 3-4 com um golo de Zé Manuel no último minuto.

“É esse o espírito. É natural que se pense que em todos os jogos é possível tirar pontos ao adversário. O Benfica é uma equipa de top mundial, mas encaramos este jogo da mesma forma como fizemos com os demais, ou seja, estão três pontos em disputa e vamos lutar por eles”, assinalou o técnico dos açorianos.