Nomadland - Sobreviver na América é o Melhor Filme do ano

Filme arrecadou ainda os prémios de Melhor Realização e Melhor Actriz.

Foto
Nomadland venceu o prémio de Melhor Filme dos Óscares DR

Nomadland - Sobreviver na América, da chinesa Chloé Zhao, é o Melhor Filme do ano para os Óscares. O filme foi o grande vencedor da 93.ª edição dos Óscares, tendo conquistado ainda o prémio de Melhor Realização e o de Melhor Actriz.

Foi a própria realizadora, que também é produtora, que discursou para agradecer o prémio, tal como Frances McDormand, a protagonista, que realçou a necessidade de ver filmes no grande ecrã e ainda uivou quando acabou de falar.

Ao contrário do que costuma acontecer, este prémio não foi revelado no final da cerimónia, tendo sido apresentado antes da entrega de Melhor Actriz e Melhor Actor. Foi Rita Moreno, que ganhou o Óscar de Melhor Actriz Secundária por West Side Story - Amor Sem Barreiras, em 1962, quem entregou a estatueta.

Estavam nomeados para a categoria Judas e o Messias Negro​Mank, MinariUma Miúda com PotencialSom do MetalOs 7 de Chicago O Pai.

​Na temporada de prémios deste ano, o filme já tinha vencido nas selecções da Producers Guild of America, da Directors Guild of America e o Globo de Ouro. Nomadland é o quinto filme em 12 anos do estúdio Searchlight Pictures (até 2020 Fox Searchlight Pictures, adquirida pela Walt Disney Studios) a vencer o prémio de Melhor Filme: segue-se a Quem quer ser Bilionário (2009), 12 Anos de Escravo (2013), Birdman (2014) e A Forma da Água (2018).​