Partido Alba: um empurrão ou uma rasteira à causa independentista da Escócia?

Novo partido de Salmond vem baralhar as contas do SNP para as eleições de Maio. Ex-primeiro-ministro proscrito quer ficar com os votos independentistas “desperdiçados” e formar uma “supermaioria” secessionista no parlamento. Mas Sturgeon desconfia.

Foto
Alex Salmond, antigo primeiro-ministro da Escócia e ex-líder do SNP, fundou o Partido Alba ROBERT PERRY/EPA

O guião que o Partido Nacional Escocês (SNP) preparou meticulosamente para as legislativas deste ano, desde que percebeu, pouco depois do referendo do “Brexit”, de 2016, que o Governo britânico pretendia avançar para a retirada de todo o Reino Unido do mercado único e da união aduaneira da União Europeia, parece hoje desajustado em relação ao xadrez político interno escocês, particularmente numa altura em que faltam menos de duas semanas para uma eleição que o SNP encara como fundamental para exigir a Londres um segundo referendo à independência da Escócia.