O Chega é anti-sistema? Até nos autocarros é igual aos outros

Para partido que “vem de fora” do sistema para “corrigir” o sistema e “salvar” o sistema, o Chega é estranhamente parecido com o sistema. É diferente numa coisa: acha bem ir fazer pressão para a porta de um tribunal a exigir uma decisão a seu favor.

Este domingo tropecei na manifestação do Chega no centro de Lisboa e, no fim, pus-me a contar os autocarros. Foi irresistível: enquanto o mestre-de-cerimónias pedia que o Rossio ficasse sem lixo no chão para mostrar que “o Chega não é um partido como os outros”, 30 autocarros recolhiam os manifestantes, uma réplica do que os partidos fazem.