Kinda aposta em mobiliário e decoração made in Portugal

Marca do grupo português Nuvi, da família de Luís Vicente, reestrutura negócio e aposta numa maior proximidade com os clientes, nas lojas de bairro.

consumo,decoracao,design,empresas,porto,angola,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
decoracao,design,empresas,economia,porto,angola,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
consumo,decoracao,design,empresas,porto,angola,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
consumo,decoracao,design,empresas,porto,angola,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
consumo,decoracao,design,empresas,porto,angola,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
decoracao,design,empresas,economia,porto,angola,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
decoracao,design,empresas,economia,porto,angola,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio

Foi em Novembro de 2018 que abriu a primeira loja Kinda Home, no Porto, com 7500 metros quadrados. A ambição do grupo português Nuvi era chegar à região de Lisboa no ano seguinte, mais concretamente a Alfragide e abrir uma loja de tamanho semelhante, mas o plano mudou e acabou por inaugurar uma mais modesta, na casa dos 500 metros quadrados, em Oeiras, no Oeiras Parque. Chamaram-lhe “loja boutique”, um conceito que chega agora a Lisboa, a uma artéria nobre, na Avenida António Augusto de Aguiar, bem perto do El Corte Inglès. A Kinda deixou cair o “Home”, mudou o logótipo e quer agora apostar nas lojas de bairro.