Quanto custa criar uma Entidade da Transparência? Nove anos

O que provavelmente teremos é uma Entidade da Transparência a funcionar em pleno nove anos depois de ter sido proposta no Parlamento e quatro anos e meio depois de ter sido aprovada.

Há mais de seis anos que o país assiste a discussões sobre a criação de uma Entidade da Transparência para fiscalizar rendimentos, património e incompatibilidades dos detentores de cargos políticos e altos cargos públicos. Se bem me recordo, foi o Bloco de Esquerda que, logo no início de 2015, ainda com Pedro Passos Coelho e Paulo Portas na liderança do Governo, fez pela primeira vez a proposta. Fê-lo nas jornadas parlamentares em que lançou o seu pacote anticorrupção.