Pedro Nuno Santos: “Não escondo que quero tirar carros e camiões das estradas”

“Não há meio de transporte com mais respeito pelo ambiente do que o comboio”, diz Pedro Nuno Santos, que quer um plano nacional com uma ferrovia pesada em todo o país e a chegar ao centro das cidades.

Foto
LUSA/RODRIGO ANTUNES

O Plano Ferroviário Nacional teve esta segunda-feira o seu lançamento numa sessão pública organizada no LNEC-Laboratório Nacional de Engenharia Civil e deverá estar concluído em Março de 2022 com aprovação em Conselho de Ministros e depois na Assembleia da República, por forma a obter-se o máximo consenso para uma lei que deverá orientar os investimentos ferroviários nas próximas décadas, independentemente dos ciclos políticos que existirem.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários