O dia em que a Britpop entrou em campo

Há 25 anos, Oasis e Blur subiram ao relvado para dar um capítulo futebolístico a uma das grandes rivalidades musicais dos anos 1990.

Foto
Liam Gallagher em todo o seu esplendor futebolístico Michael Crabtree/Reuters

Celebridades a jogar futebol para uma causa nobre é uma tradição que existe quase desde que o futebol foi inventado. Sem pressão, não interessa quem ganha (muitas vezes dá empate), o que é verdadeiramente importante é a causa por que se joga. Claro que não é sempre assim e quando se está no campo, a natureza competitiva sobrepõe-se. Michael Schumacher, por exemplo, levava o seu futebol muito a sério. Era ele que organizava os jogos de beneficência com pilotos de Fórmula 1 e, entre grandes prémios, jogava futebol na terceira divisão da Suíça com o clube da vila onde vivia. Rezam as lendas que “Schumi” apresentava-se sempre em boa forma, era rápido (nenhuma surpresa) e marcava golos.