Crise económica marca Congresso do Partido Comunista de Cuba

Presidente Miguel Díaz-Canel demite ministro da Agricultura, última vítima política da escassez alimentar que assola a população da ilha.

Foto
Anúncio do Congresso do Partido Comunista Cubano nas ruas de Havana Ernesto Mastrascusa/EPA

A pandemia paralisou o turismo, o PIB caiu 11% em 2020. Cuba está a viver a pior crise económica dos últimos 30 anos, com a escassez alimentar a marcar o dia-a-dia dos cubanos. Em vésperas do congresso do Partido Comunista de Cuba (PCC), o ministro da Agricultura, Gustavo Rodríguez Rollero, foi a mais recente vítima política da crise: ao fim de 11 anos no cargo, foi demitido por ordem do Presidente da República, Miguel Díaz-Canel.