O castigo físico ainda é usado por muitos pais, mas um novo estudo mostra como isso é prejudicial

“As pessoas estão a tentar melhorar o comportamento dos seus filhos quando estão a usar o castigo físico, mas na realidade estão a piorá-lo”, conclui a psicóloga de desenvolvimento Liz Gershoff em entrevista ao The Washington Post.

Foto
Kirn Vintage Stock/Corbis via Getty Images

Quando a psicóloga de desenvolvimento Liz Gershoff começou a estudar os efeitos do bater e da dura disciplina parental nos anos 1990, o tema foi ainda objecto de intenso debate nos círculos científicos: Seria o castigo físico realmente prejudicial para as crianças?