Seis galerias do Porto contemplam o hoje das artes, a pensar no amanhã

Galeristas da cidade uniram esforços para superar a conjuntura de crise agravada pela pandemia. Situação 21, com curadoria de Miguel von Hafe Pérez, é o primeiro momento deste projecto que quer lançar pontes para o futuro.

camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Exposição na Galeria Quadrado Azul Adriano Miranda
camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Peça de João Pais Filipe na Galeria Quadrado Azul,Peça de João Pais Filipe na Galeria Quadrado Azul Adriano Miranda
camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Obras de Helena Almeida na Galeria Presença Adriano Miranda
,Exibição de arte
Fotogaleria
Trabalho de Gustavo Sumpta na Galeria Presença Adriano Miranda
Exibição de arte
Fotogaleria
Exposição na Galeria Fernando Santos Adriano Miranda
camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Instalação de Mariana Caló e Francisco Queimadela na Galeria Fernando Santos Adriano Miranda
camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Fotografia de Luís Palma na Galeria Pedro Oliveira DR
camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Fotografia de Luís Palma na Galeria Pedro Oliveira DR
camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Obras de Catarina Real e de Sérgio Fernandes na Galeria Kubik Rita Castro
Serviços de design de interiores
Fotogaleria
Obras de Pedro Tudela e de Valter Ventura na Galeria Kubik Rita Castro
camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Obra S/título, de Mauro Cerqueira, na Galeria Nuno Centeno DR
camara-porto,arte-contemporanea,artes,culturaipsilon,pintura,porto,
Fotogaleria
Miguel von Hafe Pérez, comissário-geral de Situação 21 Adriano Miranda

Há uma notória vantagem em associar a visita às seis exposições que, noutras tantas galerias do Porto, assinalam esta quinta-feira a abertura do projecto Situação com um salto àquela que ainda se mantém na Galeria Municipal, Que horas são que horas (até ao próximo dia 25). Se esta faz um balanço histórico das últimas seis décadas e meia (1945-2010) da criação e do mercado das artes plásticas e visuais na cidade, o novo ciclo actualiza, e projecta mesmo para o futuro, o circuito artístico portuense.