Os equilibristas

Os ingleses sentem-se abandonados pela União Europeia que abandonaram. Ficaram viciados nas negociações: davam-lhes importância.

A reacção dos ingleses à ressaca do “Brexit” faz lembrar uma história que a mãe da Maria João lhe contou quando era pequenina. Está uma mulher à beira da estrada num dia de calor que está sempre a queixar-se: “Ai que sede que eu tenho, ai que sede que eu tenho, ai que sede que eu tenho!” Passadas duas horas disto, chega lá outra mulher com um cântaro e dá-lhe água para beber. Ela bebe até já não poder mais, devolve o cântaro, limpa a boca e começa a gritar: “Ai que sede que eu tinha, ai que sede que eu tinha, ai que sede que eu tinha!”