Poderá ter de ser repetida aprovação de datas do congresso e das eleições internas do PS

A votação electrónica foi repetida no sábado, mas Daniel Adrião considera que não foi válida e pede uma nova votação, em reunião de comissão nacional.

Foto
Daniel Adrião quer que sejam de novo votadas as datas do congresso e das eleições internas no PS Rui Gaudencio

Mesmo depois de repetida no sábado, a votação da marcação da data do Congresso do PS e da eleição do secretário-geral e da presidente das Mulheres Socialistas poderá ter de voltar a ser realizada em reunião da comissão nacional. A exigência é do líder da tendência interna Resgatar a Democracia, Daniel Adrião, e de mais 16 membros da comissão nacional do PS, através de um pedido de impugnação enviado à presidente da comissão nacional de jurisdição, Telma Correia, a que o PÚBLICO teve acesso.