Animais

Na Polónia, as alpacas ajudam a ultrapassar traumas e a melhorar a saúde mental

Cinco alpacas chegaram a Plock, na Polónia, para ajudar melhorar a saúde mental dos habitantes da cidade. A "terapia alpaca" é já um sucesso no país e as actividades que envolvem este animal têm cada vez mais procura por todo o mundo. 

Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Fotogaleria
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI

A cidade de Plock, no centro da Polónia, acordou com cinco novos habitantes pouco comuns, nesta segunda-feira. Conhecidas pela sua natureza dócil e protectora, as alpacas chegaram à cidade com um objectivo: ajudar pessoas de todas as idades a lidar com traumas, problemas mentais e impulsionar a auto-estima e confiança.

A “terapia alpaca” é já famosa um pouco por todo o mundo e, na Polónia, serve muitas vezes como um complemento a terapias tradicionais. Em Varsóvia, capital do país, estes animais ajudam crianças com síndrome de Asperger ou ansiedade social a desinibir-se e a contornar alguns problemas que encontram devido às suas condições. “As alpacas não julgam e não iniciam contacto com as crianças, têm de ser elas a fazê-lo. Ajuda-as a tornarem-se mais acessíveis", contou Przemystaw Chojnacki, especializado neste tipo de terapia, à Poland In, em 2019.

Basta oferecer uma cenoura para quebrar o gelo com estes animais, que também são usados em actividades de meditação, como ioga, tai-chi e reiki. No Reino Unido, as caminhadas com alpacas são, cada vez mais, populares e o fim de algumas restrições pandémicas têm impulsionado o sector. Algumas empresas já não têm espaço para reservar novas aventuras com estes animais nos próximos dois ou três meses, segundo o The Guardian. "Existe uma grande quantidade de pessoas à procura de coisas para fazer na natureza e de uma forma de se conectarem com animais", afirma Chris Agar, da Spring Farm Alpacas, que organiza este tipo de passeios. "É uma experiência muito mais táctil do que ir a um zoo", acrescenta. 

Texto editado por Ana Maria Henriques

Funcionários descarregam uma das cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Funcionários descarregam uma das cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Funcionários descarregam as cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Funcionários descarregam as cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Uma das cinco alpacas dentro da carrinha em que chegou à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Uma das cinco alpacas dentro da carrinha em que chegou à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Funcionários descarregam uma das cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Funcionários descarregam uma das cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia.
Habitantes locais dão as boas-vindas às cinco alpacas que chegaram à cidade de Plock, no centro da Polónia. EPA/SZYMON LABINSKI
Sugerir correcção