Leiria reabre percurso Polis com uma nova ponte

A requalificação do troço entre São Romão e o Jardim da Vala Real goza de um percurso com via pedonal e ciclável para quem quer “aproveitar a natureza e o ar livre em pleno centro da cidade”. Novo piso, iluminação e uma ponte a estrear são algumas das novidades.

caminhadas,natureza,passeios,leiria,fugas,ambiente,
Fotogaleria
Câmara Municipal de Leiria
caminhadas,natureza,passeios,leiria,fugas,ambiente,
Fotogaleria
, Câmara Municipal de Leiria
caminhadas,natureza,passeios,leiria,fugas,ambiente,
Fotogaleria
Câmara Municipal de Leiria

A caminhar, a correr ou a pedalar, os habitantes de Leiria podem “aproveitar a natureza e o ar livre em pleno centro da cidade”, destaca o município em comunicado. A nova configuração do troço do percurso Polis entre São Romão e o Jardim da Vala Real já está disponível para todos os gostos — e estações do ano.

São 1 870 metros de um itinerário, segundo a autarquia, “mais seguro, confortável e inclusivo” com faixas específicas para cada modalidade — uma via para peões e duas ciclovias. Mas as melhorias não ficam por aqui. Para além da mudança de piso e da marcação e sinalética, a iluminação e mobiliário urbano com bancos de madeira e pedra para quem desejar fazer uma pausa foram outros dos aspectos renovados no projecto.

Antes Câmara Municipal de Leiria
Depois Câmara Municipal de Leiria
Fotogaleria
Câmara Municipal de Leiria

O município apostou ainda na limpeza dos terrenos e na remoção da vegetação e materiais soltos, mas a grande novidade é a nova ponte de madeira junto à Ponte dos Caniços.

Ainda que o percurso não tenha limite de capacidade, a autarquia reforça a necessidade de cumprimento das medidas de combate à pandemia, assim como o respeito pelas “regras de circulação pedonal e em bicicleta.” Circulação na faixa adequada, prioridade a carrinhos de bebé, grávidas e pessoas com mobilidade reduzida, cuidados nos passeios em grupo e utilização da campainha da bicicleta durante o dia ou luz durante a noite para dar indicação de passagem.

A requalificação implicou um investimento de 850 mil euros financiado pelo município. Os restantes 3500 metros ainda se encontram em fase de projecto e ainda não existe data prevista para o início da renovação.