Ítalo Ferreira e Carissa Moore vencem segunda etapa na Austrália

Segunda etapa concluída e já temos vencedores. O brasileiro Ítalo Ferreira e a havaiana Carissa Moore conquistaram o Rip Curl Newcastle Cup presented by Corona, que decorreu em Newcastle, na Austrália, pela primeira vez, em quase 30 anos.

Foto
Carissa Moore e Ítalo Ferreira

O actual campeão da World Surf League (WSL) sobe assim ao 1.º lugar do ranking masculino, “roubando” a camisola amarela a John John Florence, que tinha vencido a primeira etapa em Pipeline. E já que falamos dessa primeira paragem, Ítalo teve oportunidade de fazer, em Newcastle, a desforra. Se no Havai tinha perdido nas meias-finais com Gabriel Medina, desta feita bateu o também brasileiro na final com um score total de 14,94 pontos (em 20 possíveis) contra os 13,27 pontos de Medina. Até chegar à final, Ítalo bateu Filipe Toledo nas meias e Deivid Silva nos quartos.

“Que evento! Têm sido tão bom estar aqui com todos. Adoro surfar baterias com o Gabriel [Medina]. Ele é uma máquina e motiva-me muito, por isso é sempre divertido competir contra ele. Eu sei que sou o número 1 agora, mas isso não importa. O que interessa é que eu garanta uma vaga para o dia das finais em Trestles... Aí sim, terei a chance de conquistar outro título”, disse Ítalo, que soma assim a sétima vitória numa etapa do Tour.

Carissa Moore
Ítalo Ferreira
Fotogaleria

Já o português Frederico Morais terminou no 9.º lugar esta que foi a primeira de quatro etapas disputadas na Austrália. O surfista do Guincho foi eliminado por Gabriel Medina, no heat inaugural dos oitavos de final. Kikas até começou melhor, apesar de ter encontrado um mar difícil em Merewether Beach, mas nos minutos finais, o bicampeão mundial acabou por virar a bateria. Muito por fruto de um erro cometido por Frederico que fez com que a prioridade passasse para Medina. O brasileiro somou assim um score total de 12,93 pontos, contra apenas 8,33 do português. Depois de um 17.º lugar no Havai, Frederico Morais está assim actualmente na 15.ª posição no ranking da WSL.

No feminino, a quatro vezes campeã da WSL, Carissa Moore, venceu a 24.ª etapa do Tour (na sua conta pessoal), após bater na final Isabella Nichols, com um score total de 15,73 pontos, contra 8,34 da estreante australiana.

Carissa Moore
Carissa Moore
Fotogaleria

“Quero dedicar esta vitória à minha família e, em particular, à minha avó”, disse Moore. “Ela faleceu pouco antes de virmos para a Austrália, então esta vitória é para ela. É incrível estar em 1.º lugar no final deste evento. Eu realmente não estava à espera. Foi uma final muito divertida com a Isabella [Nichols]. Quero dar-lhe os parabéns pela prestação nesta temporada de estreia. Estou ansiosa para o próximo evento”, disse Moore que, com mais uma vitória, mantém o 1.º lugar do ranking WSL.

A competição segue agora para North Narrabeen, perto de Sydney, também em Nova Gales do Sul, para a terceira etapa do ano. O período de espera do evento decorre de 16 a 26 de Abril.

Finda mais uma etapa, é hora de voltar a olhar para a tabela de classificação feminina e masculina do circuito mundial de surf:

2021 WSL Women’s CT Leaderboard Top 5:
1 - Carissa Moore (HAW) 17,800 pts
2 - Tyler Wright (AUS) 12,610 pts
3 - Isabella Nichols (AUS) 10,410 pts
4 - Stephanie Gilmore (AUS) 9,490 pts 
5 - Caroline Marks (USA) 8,695 pts
5 - Tatiana Weston-Webb (BRA) 8,695 pts
5 - Sally Fitzgibbons (AUS) 8,695 pts

2021 WSL Men’s CT Leaderboard Top 5: 
1 - Ítalo Ferreira (BRA) 16,085 pts
2 - Gabriel Medina (BRA) 15,600 pts 
3 - John John Florence (HAW) 11,330 pts
4 - Jordy Smith (ZAF) 8,065 pts
4 - Kanoa Igarashi (JPN) 8,065 pts
4 - Ryan Callinan (AUS) 8,065 pts

Entre na Onda do Surf by Jeep e acompanhe todas as novidades do circuito de surf.