Livros para matar

Os formatos giros causam o descalabro de qualquer pilha de livros.

Quando se brinca ao “se eu fosse ditador” não tem graça tomar decisões sensatas. Um dos exercícios mais difíceis é no capítulo da pena de morte.