Moedas rendeu elogios mas outras escolhas podem sair caras a Rio

Direcção nacional do PSD fez escolhas para as autárquicas que esbarram nas principais bandeiras de Rui Rio. Concelhia de Barcelos já lembrou que vale 4000 votos e que o PSD terá congresso após as autárquicas.

eleicoes-autarquicas,isaltino-morais,politica,fc-porto,rui-rio,psd,
Fotogaleria
PSD-Barcelos pede reunião com "carácter de urgência" a Rui Rio por causa das escolhas no concelho LUSA/MANUEL FERNANDO ARAÚJO
eleicoes-autarquicas,isaltino-morais,politica,fc-porto,rui-rio,psd,
Fotogaleria
Nelson Garrido

Os elogios granjeados pela opção do PSD de candidatar Carlos Moedas à Câmara de Lisboa emprestaram dinâmica à estratégia autárquica definida pela direcção, mas não apagam o descontentamento que se instalou nalguns concelhos do país. Em causa estão as escolhas da comissão política nacional que se distanciam das bandeiras de Rui Rio enquanto presidente da Câmara do Porto e líder dos sociais-democratas e da própria retórica da actual direcção do PSD.