Conversas sobre vinho com um copo na mão

Festival online organizado pelo PÚBLICO e pela revista Grandes Escolhas promove a diversidade e a riqueza dos vinhos portugueses, com dezenas de provas comentadas por alguns dos maiores especialistas nacionais. Para os simples amantes do vinho e para os enófilos mais experientes. E tudo sem sair de casa.

Com cerca de 200 mil hectares de vinha oficialmente registada, Portugal tem uma riqueza, diversidade e qualidade de vinhos de nível mundial. Anualmente, são vários os prémios internacionais conquistados por produtores das várias regiões, que gradualmente vêm ganhando lugar de destaque no universo vitivinícola. É tempo, pois, de celebrar um dos melhores produtos que Portugal tem para oferecer e, acima de tudo, de partilhar experiências. O festival Portugal à Prova, com a assinatura do PÚBLICO e da revista Grandes Escolhas, vai decorrer entre os dias 23 e 25 de Abril (sempre depois das 17h00), com o objectivo de mostrar e dar a provar mais de seis dezenas de vinhos portugueses, de regiões de norte a sul do país. E não é preciso de sair de casa, já que o evento é totalmente online.

Para participar, nada mais simples do que seguir as orientações dadas pelos críticos – e experimentar, em simultâneo, aquele mesmo vinho, entregue em casa. O programa divide-se em dois tipos de prova, as exclusivas e as especiais. No total, são 19 provas orientadas, com mais de 60 referências em prova. No caso das provas exclusivas, é necessário registo e inscrição; as especiais são de acesso gratuito.

As provas exclusivas regem-se por um objectivo concreto: proporcionar aos apreciadores com conhecimentos mais genéricos um aprofundar de experiências. Temas como os vinhos de talha, o desempenho da casta Touriga Nacional de norte a sul e as diferentes categorias de vinho do Porto fazem parte de um programa variado nas temáticas e nas geografias. Após o acto da inscrição, o participante recebe em casa os quatro vinhos objecto de análise do crítico, bem como o código de acesso à plataforma Zoom, onde a prova irá decorrer – e onde os participantes podem colocar questões em directo através do chat. O preço de cada prova depende do valor unitário das garrafas, mas sempre abaixo do valor de mercado. Os assinantes do PÚBLICO ou da Grandes Escolhas têm um desconto extra

Quanto às provas especiais, pretendem divulgar vinhos de referência no sector. Em cima da mesa estarão várias regiões do país, como Lisboa, Tejo ou o Dão, e empresas como a Quinta do Gradil, a Sogrape ou a Tapada do Chaves. Uma selecção concebida a pensar tanto nos iniciados como nos mais experientes amantes do vinho português de qualidade.

A participação nestas provas é livre e dispensa registo. A inscrição, facultativa, permite receber em casa os três vinhos em análise – de novo, os preços têm um desconto significativo em relação ao preço recomendado de venda o público, acrescendo apenas os custos de transporte. Quem preferir pode adquirir os vinhos por sua iniciativa numa garrafeira ou supermercado.

Refira-se, por fim, que é possível combinar provas exclusivas e especiais conforme o gosto e o interesse do participante. Do outro lado do ecrã estarão nomes como Edgardo Pacheco, Pedro Garcias e Manuel Carvalho, do PÚBLICO, ou Luís Lopes, João Paulo Martins e Nuno Oliveira Garcia, da Grandes Escolhas. Brindemos, pois!