Segredos ferroviários

O direito dos cidadãos terem acesso aos papéis (e negócios) do Estado, contrariamente ao que pensam muitos departamentos e empresas estatais, não é um direito menor que pode ser afastado por capricho.

Creio que não será muito polémico afirmar que é sempre bom estarmos informados. A nossa Constituição, de resto, prevê expressamente que todos têm o “direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações”. Mas os impedimentos e as discriminações existem, claro. Em geral, os donos da informação não gostam de a fornecer e, em especial, quando pensam que a disseminação da mesma poderá não lhes ser favorável.