The Yeatman: voltam as refeições panorâmicas no Dick’s Bar e The Orangerie

Os espaços de restauração do hotel vínico de Vila Nova de Gaia reabrem, com novos horários e a magnífica vista de sempre.

Foto
DR

Em Janeiro, as novas restrições de combate à pandemia anunciavam um novo encerramento de espaços comerciais e a restauração do Hotel The Yeatman em Vila Nova de Gaia, não foi excepção. Três meses depois, o hotel anuncia que as experiências gastronómicas no Dick’s Bar e no restaurante The Orangerie estão de volta.

Se vista panorâmica sobre o rio Douro e a cidade do Porto ou a localização junto às caves onde repousa e envelhece o vinho já eram motivos suficientes para uma visita ao The Yeatman, as propostas gastronómicas do chef Ricardo Costa, nomeado para integrar a lista dos 100 melhores chefs do mundo, e “uma das mais completas e premiadas colecções de vinhos portugueses”, refere o comunicado, são a “cereja no topo do bolo”.

Tendo em conta as restrições, a capacidade está limitada a metade e, por isso, a reserva deverá ser feita atempadamente através do contacto telefónico (220 133 100) ou do endereço de e-mail.

Jan Ringertz, director geral do hotel, mantém-se optimista. “Enquanto as fronteiras estiverem com restrições e continuarem cortadas inúmeras ligações aéreas, continuaremos a ter poucos turistas internacionais. Por outro lado, sempre tivemos uma grande proximidade com o mercado nacional e esperamos poder continuar a proporcionar muitas experiências memoráveis aos portugueses. Acreditamos que, dependendo da evolução do processo de vacinação, a procura vai lentamente voltar e vai acabar por se atingir uma taxa de ocupação ligeiramente superior à do ano passado”, diz à Fugas.

The Yeatman
The Yeatman
Fotogaleria
The Yeatman

Os dois espaços têm ainda um novo horário de funcionamento. O Dick’s Bar & Bistro funcionará apenas durante a semana, das 11h às 22h, para quem pretender desfrutar de um almoço ou assistir ao “tão aguardado pôr-do-sol sobre o rio Douro”, acompanhado de um cocktail ou dos variadíssimos pratos assinados pelo chef. Croquete de arroz de pato, parmesão e rúcula frita (14 euros) e sanduíche de bife de atum com maionese de wasabi (20 euros) são algumas das sugestões que se juntam à habitual francesinha especial (22 euros). Os pratos variam entre os 14 e os 42 euros.

Aberto durante a semana para almoço (12h30­ às 15h) ou jantar (19h às 22h), está também o terraço do restaurante The Orangerie, com um menu de degustação de quatro pratos no valor de 42 euros, vinhos não incluídos. Polvo à galega ou salada de lavagante e peixe do mercado ou entrecôte de boi são as duas opções de pratos principais. Quem opta por uma refeição vegetariana não ficou esquecido. Salada da estação (14 euros) e risotto de alho francês com açafrão e rúcula frita (25 euros) são as alternativas. A pensar nos mais pequenos, o restaurante criou um menu infantil com entrada, prato e sobremesa por 25 euros.