O novo whisky madeirense já começou a nascer graças à destilaria de Maria e Paulo

Na Ponta do Sol nasce um projecto de bebidas destiladas que vai usar as frutas regionais, mas também os cereais de produtores locais. O centeio que dará origem ao whisky madeirense já está a crescer no campo.

Foto
SRA

Uma forma de estimular os agricultores madeirenses a continuar a produzir cereais é… fazer whisky. Foi isto que pensaram Maria Nascimento e Paulo Mendes, que já tinham o Vinha Alta, projecto de consultadoria na área dos vinhos tranquilos, e que se preparam agora para abrir uma destilaria nos Canhas, Ponta do Sol, Madeira.