Com ritmo de vacinação ainda lento, reabertura total das escolas pode levar a quarta vaga de covid-19

A reabertura do ensino secundário “não pode acontecer demasiado cedo e na minha opinião vai ser”, diz Manuel Carmo Gomes, co-autor de um estudo que analisa o impacto do aligeirar das medidas restritivas conjugado com a campanha de vacinação.

pandemia,covid19,coronavirus,saude,sociedade,vacinas,
Fotogaleria
A reabertura total das escolas, nomeadamente do ensino secundário, “não pode acontecer demasiado cedo e na minha opinião vai ser”, defende Carmo Gomes daniel rocha
pandemia,covid19,coronavirus,saude,sociedade,vacinas,
Fotogaleria
Rui Gaudencio

A vacinação contra a covid-19 por si só, ao ritmo a que está prevista, será insuficiente para controlar a pandemia de covid-19 em Portugal e evitar que ocorram novas vagas. Se o alívio das medidas de controlo planeado para este mês incluir a reabertura total das escolas e do espaço interior de restaurantes e bares, como está previsto, é provável que a média de contactos diários na população atinja níveis similares aos do Outono passado e, consequentemente, pode ocorrer uma nova vaga de hospitalizações, avisam os autores de um estudo em que é avaliado o impacto do aligeirar das medidas de controlo conjugado com a campanha de vacinação em curso.