A direita civilizada

O que mais define a direita civilizada é o horror à mudança. O lema é “mais vale o diabo que se conhece do que um deus desconhecido”.

A direita civilizada é a direita que não só foi sujeita à civilização – ao trabalho exercido pelas culturas ao longo do tempo, quase todas diferentes da nossa – como se habituou a ela.