“Quarentenas forçadas” na Europa e o debate “grave em Portugal”

Vários países europeus impuseram planos de confinamento específicos a minorias e refugiados, um debate que chegou à política portuguesa.

Foto
Miguel Manso

Entre os exemplos de líderes políticos que usaram a covid-19 para abusar do seu poder, o relatório da Amnistia Internacional destaca como em alguns países foi o próprio combate à pandemia que se fez com recurso a medidas que atingiram de forma desproporcionada vários grupos mais desprotegidos. Um exemplo claro foram as “quarentenas forçadas” em vários países da Europa.