Clover parou o trânsito para proteger a dona durante uma convulsão

Clover bloqueou a passagem de um condutor, que reparou na jovem caída no passeio. “Se isto acontecer outra vez, sinto-me dez vezes mais segura porque sei que ela estará lá para mim”, disse a dona.

Foto
Clover e Haley Moore DR

Haley Moore passeava com a cadela por um bairro em Otava, capital do Canadá, quando teve uma convulsão e caiu no passeio. Sem mais ninguém na rua, Clover, ainda presa, aproximou-se da dona. Quando a jovem não se levantou, a cadela de ano e meio conseguiu libertar-se da mão que agarrava na trela e pôs-se a ladrar no meio da estrada, impedindo a passagem de um condutor que parou e saiu da carrinha para ajudar. 

O pedido de socorro foi registado por uma câmara de vigilância da casa em frente e divulgado por meios de comunicação locais. “Foi realmente impressionante, a cadela bloqueou-me mesmo”, disse o condutor, Dryden Oatway, que estabilizou Moore e tocou à campainha da casa mais próxima para conseguir ajuda. “Ela teve os olhos postos na dona durante o tempo todo, não desviou o olhar”, comenta. 

“Só me lembro de acordar na ambulância e ficar muito confusa, sem saber o que estava a acontecer”, disse Haley Moore, dias mais tarde, ainda sem saber as causas da convulsão. Se isto acontecer outra vez, sinto-me dez vezes mais segura porque sei que ela estará lá para mim”, disse, em entrevista. Todos sabemos como os animais são bons. Ela é uma cadela realmente espantosa e eu amo-a até à morte.”