Jogo online: “A pandemia não ajudou, as pessoas estão muito mais em casa, com a cabeça a pensar nas coisas”

Os Jogadores Anónimos e o Instituto de Apoio ao Jogador relatam mais pedidos de ajuda, durante a pandemia. Em Portugal e nos nove primeiros meses de 2020, o valor das apostas no jogo online foi de quase quatro mil milhões de euros, um aumento de cerca de 63% em relação a igual período do ano anterior.

Foto

Ana (nome fictício) diz ser uma sexagenária do tempo em que se jogava nos casinos, nunca se sentiu muito atraída pelo jogo online. Preferia o “glamour e o barulho” das salas de jogo físicas. Agora já não as frequenta, juntou-se aos Jogadores Anónimos há cerca de 10 anos, mas, nos últimos tempos, já durante a pandemia, percebeu que quem aparece a pedir ajuda, são pessoas mais novas com problemas de jogo online: “Agora, o que eu noto é que as pessoas, principalmente gente nova, devem ter começado a jogar muito em casa online, e temos tido muita gente a aparecer nos Jogadores Anónimos, quase todos muitos novos.”

Sugerir correcção
Comentar