“Escolas de Verão” podem ser solução para recuperar aprendizagens perdidas

Solução é proposta em plano apresentado por economistas da Universidade Nova de Lisboa para “lançar a discussão” sobre os impactos da pandemia nos estudantes. Implementar estas ideias custa no mínimo 200 milhões de euros.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Campos de férias e ATL podem passar a incluir, durante o Verão, um período destinado a trabalhar os conhecimentos que ficaram atrasados por causa da pandemia. A proposta é feita por um grupo de economistas da Nova School of Business and Economics (Nova SBE), que esta quinta-feira apresentou um plano de recuperação das aprendizagens que custaria, pelo menos, 200 milhões de euros se fosse implementado pelo Governo.