As flores de fugida

Só quem trabalha muito, sabendo o que custa fazer as coisas e a facilidade com que um descuido as deita a perder, é que é capaz de dar valor ao trabalho da natureza.

Cada vez tenho mais inveja do Japão das cerejeiras em flor. Dantes, eu ainda achava excessiva a maneira como as multidões tiravam fotografias seguidas às flores. Pensava que era só entusiasmo tecnológico.