BE quer sociólogo e assessor Sérgio Aires como candidato ao Porto

O nome do sociólogo ainda terá de ser aprovado pelos militantes do partido no Porto, no próximo sábado. Sérgio Aires foi o número três na lista das eleições europeias e é um dos assessores parlamentares de Marisa Matias e José Gusmão no Parlamento Europeu. É o segundo nome que o BE apresenta à corrida autárquica.

Foto
Sérgio Aires é formado em Sociologia e foi o número três nas eleições europeias DR

O Bloco de Esquerda já escolheu o nome que quer levar como candidato à Câmara do Porto. O independente Sérgio Aires, sociólogo e assessor do Bloco de Esquerda no Parlamento Europeu, foi o nome seleccionado pela comissão bloquista do Porto. A sua nomeação ainda terá de ser validada pelos aderentes do partido, no próximo sábado. A comissão coordenadora do partido escolheu ainda a actual deputada municipal, Susana Constante Pereira, como a primeira candidata à assembleia municipal. 

Com 52 anos, Sérgio Aires, apresenta-se com trabalho nas áreas da pobreza, exclusão e políticas sociais. Formado em Sociologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, o assessor parlamentar desempenhou cargos em vários programas e instituições da cidade e ao nível nacional, destaca o partido. Natural de Massarelos, o candidato bloquista passou a infância entre Campanhã e o Bonfim. 

Nas eleições europeias de 2019, Sérgio Aires foi o número três da lista bloquista, atrás de Marisa Matias e José Gusmão, mas não conseguiu ser eleito. Actualmente, Sérgio Aires é assessor dos dois deputados bloquistas no Parlamento Europeu.

Sérgio Aires integrou o gabinete de investigação da EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza durante quatro anos, entre 1994 e 1998. Em 1998, assumiu-se coordenador nacional da EAPN Portugal/Rede Europeia Anti-Pobreza, cargo que desempenhou entre 1998 e 2006.

Nesse ano tornou-se consultor independente nas áreas do combate à pobreza e da economia social, tendo desempenhado “diversas funções de concepção e coordenação de vários projectos europeus de dimensão nacional e transnacional com intervenções em Espanha, Itália e Brasil”, lê-se na biografia disponibilizada pelo Instituto Superior de Serviço Social do Porto/Matosinhos.

Entre 2006 e 2018, Sérgio Aires foi director do Observatório de Luta contra a Pobreza na Cidade de Lisboa. Paralelamente, entre 2012 e 2018, o candidato bloquista presidiu à European Anti-Poverty Network, uma organização europeia que integra 31 redes nacionais e 13 organizações europeias. 

O candidato é o segundo a ser avançado pelo partido para a corrida autárquica. O primeiro nome, entretanto já validado pelos militantes da estrutura local, foi o da deputada parlamentar Beatriz Gomes Dias. Eleita por Lisboa nas eleições legislativas de 2019, Beatriz Gomes Dias candidata-se a Lisboa e não exclui um acordo pós-eleitoral com o PS.